Quatro meses de Git


Este texto tem como foco apenas entusiasmar você caro leitor no mundo do versionamento de código com Git. Aqui não será demonstrando instalação ou a sua utilização, e por este motivo, caso este seja seu objetivo, recomendo que vá direto ao rodapé deste post e siga os links citados. Porém, espero que esteja apto a seguir este caminho, que tornará sua vida muito mais serena e calma.

Trabalhar em equipe nunca fui uma tarefa simples. Lidar com problemas pessoais e de interação se torna completo a medida em que o grupo de trabalho se torna maior. Contudo, não pense que em equipes com duas ou três pessoas o trabalho se tornará fácil, ele será menos árduo, mas, ainda terá todas as dificuldades de interação.

No mundo do desenvolvimento web, o qual é o foco deste texto, não é diferente. Por esse motivo, ferramentas foram criadas para que o compartilhamento de código entre a equipe, ou as equipes, se tornasse simples e, sobre tudo, integro. Neste sentido, foram criadas as ferramentas VCS (Version control system). Uma das mais utilizadas até pouco tempo foi o Subversion, seguido por outros semelhantes como o CVS, Perforce, Bazaar, Mercury, entre outras. Mas, a grande “bola da vez” é o Git.

Mas o que é Git? De forma simples, Git é uma ferramenta VCS como todas as outras, mas que traz em sua concepção a simplicidade e elegância, e por traz uma ferramenta poderosa que mantém o código integro.

Git is a free and open source distributed version control system designed to handle everything from small to very large projects with speed and efficiency. Git is easy to learn and has a tiny footprint with lightning fast performance. It outclasses SCM tools like Subversion, CVS, Perforce, and ClearCase with features like cheap local branching, convenient staging areas, and multiple workflows.

Após essa introdução, espero que você esteja apto a compreender e utilizar essa ferramenta. Logo, o texto que segue vem demostrar um pouco disse, como o Git mudou a forma de desenvolvimento em nossa equipe.

Trabalho em equipe pequenas, 2 a 4 desenvolvedores (backend e frontend). Nunca me deparei com equipes maiores e, portanto, no passado, nunca pensei que o Git faria tanta diferença no processo de desenvolvimento. Como eu era o único na parte de Backend, normalmente, me enviavam o código e eu fazia a adaptação no sistema. Aparentemente simples certo? Não caro leitor, não é! Caso houvesse alguma mudança no CSS eu basicamente teria que parar o projeto e esperar todas as mudanças, pegar o código com a pessoa que o fez, adaptar ao projeto e rezar, isso mesmo, rezar para não dar erros. Git vem solucionar isso de forma simples, onde cada um, em seu ambiente de trabalho, faz sua parte, independente do andamento de outros ambientes, envia suas alterações e tudo continua bem.

Para quem nunca trabalhou com alguma ferramenta de versionamento isso parece algo Utópico, porém não é. Logo, se você esteja curioso para saber recomendo alguns links para introduzir sua vida o mundo Git. E sempre fique a vontade para perguntar nos comentários.

http://git-scm.com/
http://www.akitaonrails.com/2010/08/17/screencast-comecando-com-git
https://progit.org/